Soluções

Com o objetivo de oferecer soluções definitivas, práticas e eficientes para selar juntas, a empresa projeta e cria novos modelos e soluções para atender obras especiais.

A JEENE® possui um laboratório próprio com sistemas avançados de pesquisa, desenvolve métodos e corpos de testes para comprovar a eficácia, a qualidade e durabilidade dos seus produtos.

O Sistema JEENE® é aplicado em diversos campos da construção, oferece garantia de até 40 anos – nunca antes oferecida no mercado – e tem qualidade atestada em obras em perfeito andamento, mesmo após o término das garantias.

Sistema JEENE®

O Sistema JEENE®, apesar de tecnicamente avançado, é de simples aplicação, constituído de três elementos:

  • Perfil elastomérico
  • Adesivo ADE52
  • Pressurização

Perfil Elastomérico Pré-Formado

Fabricado com elastômeros especiais é formulado para alta resistência química, mecânica e às intempéries. É extrudado por meio de matrizes especiais e vulcanizado na sua forma definitiva. O interior do perfil é configurado com uma ou mais cavidades e apresenta, na parte externa, rugosidades especialmente desenhadas para aumentar sua superfície de aderência.

EPDM

As borrachas de Etileno Propileno Dieno são comercializadas com a designação EPDM e se distinguem pelas propriedades não encontradas em outros elastômeros, principalmente a insuperável resistência ao ozônio e às intempéries
O EPDM tem excelentes propriedades físico-químicas devido à sua estrutura de baixa insaturação. É utilizado desde 1961, em diversos segmentos de mercado, principalmente na indústria automobilística. A sua utilização era limitada em razão das dificuldades de aderência.
A JEENE, para solucionar este desafio, desenvolveu um sistema de tratamento no perfil e adesivos com tecnologia de ponta, que proporcionam uma força de ligação entre o selante e o substrato, maior que a obtida com outros elastômeros.

O EPDM reune qualidades excepcionais:

  • Resistência ao ozônio e ao tempo;
  • Resistência térmica;
  • Boa deformação permanente;
  • Flexibilidade a altas e baixas temperaturas;
  • Resistência química;
  • Baixo peso específico – 0,86 g/cm3;
  • Ótimas características de extrusão;
  • Excelentes propriedades elétricas;
  • Alta impermeabilidade à água;
  • Baixo custo.

Não é recomendado o seu uso em contato permanente com óleos minerais e seus derivados, em razão da sua estrutura molecular.
O EPDM resiste ao ataque de vários ácidos, álcalis, detergentes, ésteres de fosfato, acetona, álcoois e glicóis. Estatísticas superiores a 40 anos constatam a sua excelência, em condições rígidas de exposição solar.
Os artefatos elaborados em EPDM alcançam melhores resultados, superam os valores especificados nas Normas, além de garantir uma maior resistência ao envelhecimento prolongando o tempo de vida do selante JEENE.

Parâmetros Unidade Tipo 1 Tipo 2 Método de Ensaio
Dureza Shore A A/pontos/1 55 a 65 60 a 70 7.2a
Tração Tensão de ruptura. MPa 12 mín. 10 mín. 7.2b
Alongamento de ruptura % 350 mín. 350 mín. 7.2b
Envelhecimento acelerado em estufa, 70h/100ºC Variação da dureza Shore A A/pontos/1 +10 máx. +10 máx. 7.2c
Variação de tensão de ruptura % -20 máx. -25 máx. 7.2c
Variação do alongamento de ruptura % -25 máx. -30 máx. 7.2c
Deformação permanente à compressão, 22h/100ºC % 35 máx. Não exigível 7.2d
Deformação permanente à compressão, 22h/70ºC % Não exigível 30 máx. 7.2d
Resistência ao óleo ASTM nº1, 70h/100ºC Variação da dureza Shore A A/pontos/1 -5 a +10 Não exigível 7.2e
Variação da tensão de ruptura à tração % -25 máx. Não exigível 7.2e
Var. do alongamento de ruptura à tração % -25 máx. Não exigível 7.2e
Variação do volume % -10 a +15 Não exigível 7.2e
Resistência ao óleo ASMT nº3, 70h/100ºC Variação do volume % 120 máx. Não exigível 7.2f
Resistência ao rasgo kN/m 26 mín. 26 mín. 7.2g
Envelhecimento acelerado em ozônio, 100h/1ppm/40ºC Fendas N/A N/A 7.2h

Adesivo epóxi bi-componente (ADE52)

É de natureza epoxídica, bi-componente, de alto desempenho, tixotrópico e com características de aplicabilidade que se adaptam perfeitamente ao substrato.

Suas características são:
– Resistência química à oxidação e à corrosão;
– Resistência mecânica à abrasão e à flexão;
– Resistência às intempéries.

Pressurização

Exclusiva técnica que obriga o perfil a dilatar-se contra as paredes da junta e possui algumas características exclusivas.

  • Expande o perfil em todos os pontos;
  • Acomoda o perfil adaptando-o às imperfeições e irregularidades existentes nas paredes das juntas;
  • Comprime o adesivo e garante a total aderência do perfil ao substrato;
  • Evita que a colagem seja solicitada, mecanicamente, durante o prazo de cura do adesivo, se houver contração das lajes.

Essa pressão aplicada no interior das cavidades varia de acordo com o tipo de perfil. Após a cura do adesivo válvula de pressurização é removida e com a saída do ar comprimido restabelece-se o equilíbrio isobárico.

Nucleação

Técnica de injetar, sob pressão, materiais pré-catalizados flexíveis ou rígidos no interior da câmara elastomérica. É um processo utilizado para casos específicos como em juntas cujas aberturas sejam inferiores à largura do perfil, para compensar as deformações decorrentes da retração lenta do concreto e grandes solicitações à tração.

Vácuo

Utilizado em juntas cujas aberturas são inferiores à largura do perfil para compensar as retrações lentas do concreto, pela compressão da junta por influência das altas temperaturas e ou as grandes solicitações à tração.

Instalação

A eficiência, eficácia e durabilidade das aplicações do Sistema JEENE® dependem em grande parte dos cuidados tomados na preparação das aplicações. O procedimento seguinte mostra algumas das etapas básicas envolvidas na preparação das superfícies e na aplicação dos materiais empregados.

1º Passo


Limpar e preparar o substrato nas áreas de colagem para remover nata de cimento e partes soltas ou contaminadas.

2º Passo


Aplicar o adesivo ADE 52 no substrato.

3º Passo


Limpar o perfil com solução JEENE D 17 e aplicar o adesivo ADE 52.

4º Passo


Instalar o perfil com a mesma largura da junta a 20ºC (ponto neutro).

5º Passo


Pressurizar e remover o excesso de adesivo.

6º Passo


Após a cura do adesivo, remover a válvula de pressurização.

Vantagens e Diferencial

A JEENE pesquisou e desenvolveu um dispositivo multiuso que apresenta notáveis características de flexibilidade. Não utiliza metais e resiste às intempéries e ao ataque de produtos químicos, além de manter a estanqueidade sob elevadas pressões hidrostáticas.

Vantagens e Diferencial

Os engenheiros, em especial os projetistas de estruturas, sabem que é fundamental dimensionar com critério as juntas de dilatação. Por isso é importante definir, no projeto, um selante confiável capaz de suportar todas as solicitações que ocorrem nas estruturas.

Além disso, a JEENE oferece outras vantagens, como:

  • Facilidade no controle visual.
  • Manutenção desnecessária.
  • Maior durabilidade e baixo custo.
  • Recuperação imediata de eventuais danos localizados.
  • Melhor desempenho mecânico em função de sua forma geométrica.
  • Bloqueio à penetração de impurezas nas juntas, sem interferir nos movimentos estruturais.
  • Desempenho total, em obras de arte especiais, contra abrasão e carga dinâmica.
  • Facilidade em recuperar juntas danificadas executadas com outros materiais.
  • Garantia da qualidade dos materiais e da aplicação.
  • Selar uma junta com o processo JEENE® é uma operação fácil, rápida, de acabamento limpo e uniforme.
  • Permite liberar o local para uso em poucas horas.

Para certificar-se do comportamento dos seus materiais em situações de elevadas solicitações mecânicas, além dos testes regulares, a JEENE realiza ensaios físicos e químicos em laboratórios de reconhecida competência técnica. Estes ensaios avaliam a variação da resistência dos materiais à tração, compressão, recalques diferenciais, cisalhamento, envelhecimento acelerado, bem como o comportamento do sistema sob pressões hidrostáticas.